A segurança começa na higiene do trabalho

A saúde dos colaboradores das empresas passa pelos cuidados tomados no ambiente de trabalho. Um desse cuidados e não menos importante é a higiene no ambiente do trabalho.

A higiene no ambiente de trabalho é o método de prevenção de doenças que toda empresa precisa promover. Aspectos como limpeza dos espaços, higiene pessoal e conscientização dos colaboradores devem ser considerados pelos gestores. Embora muitos evitem o assunto por ser muito complexo na comunicação ao colaborador que está deixando a desejar nesse aspecto.

A importância higiene no ambiente de trabalho

Manter as instalações da empresa limpas e conscientizar os colaboradores a cuidarem da higiene pessoal e do local, é muito importante para evitar o contágio de doenças como: conjuntivite, viroses, alergias, etc. Além disso, a higiene no ambiente de trabalho promove bem-estar e motivação nos colaboradores. A higiene é a base da segurança do trabalho. Abaixo, algumas medidas que podem ser tomadas:

A limpeza dos espaços

  • Tirar pó dos móveis e equipamentos;
  • Varrer e passar pano no chão pelo menos uma vez por semana;
  • Manter o filtro do ar condicionado sempre limpo e higienizado;
  • Lavar os banheiros diariamente;
  • Jogar os lixos orgânicos fora todos os dias;
  • Organizar gavetas, mesas e armários.

Disponibilização de produtos de higiene

Disponibilizar produtos de limpeza e de higiene, como sabonete líquido, toalhas de papel descartáveis e álcool em gel.

Conscientização dos colaboradores

Para garantir o bem-estar dos colegas de trabalho e clientes da empresa, é necessário que os colaboradores tenham em mente que é preciso ter uma boa apresentação pessoal e manter local de trabalho limpo e organizado. Cabe a empresa transmitir essa mensagem, conscientizando os colaboradores, que pode ser feita por meio de palestras, treinamentos, comunicados internos e cartazes educativos. Vale lembrar que se algum colaborador falhar, evite comunicá-lo em público, o ideal é que seja comunicado em particular.

Para manter uma boa aparência e higiene, os colaboradores devem:

  • Fazer a higiene da pele
  • Ter atenção com a saúde bucal
  • Tratar das mãos e dos pés
  • Lavar os cabelos
  • Ter atenção com a higiene do nariz

Metodologia do 5S

O 5S surgiu após a segunda guerra, com a finalidade de ajudar a reerguer o Japão o mais rápido possível, com o mínimo desperdício de recursos. A metodologia do 5S promove um ambiente de trabalho sustentável e eficiente por meio de cinco termos em japonês:

Seiri – Senso de Utilização;

Seiton – Senso de Organização;

Seiso – Senso de Limpeza;

Seiketsu – Senso de Padronização e Saúde;

Shitsuke – Senso de Disciplina.

Colocar esse mecanismo em prática pode trazer muitos benefícios além da higiene do trabalho, como por exemplo: aumento da organização, aumento da segurança, padronização, redução de despesas, aumento de lucro, aumento de produtividade, etc.

Etapas do 5S:

SEIRI – Senso de Utilização: consiste em utilizar somente o necessário para chegar ao produto final.

Para implementar o SEIRI, precisamos analisar os fatores abaixo:

  • Quantas ferramentas são necessárias nessa área?
  • As máquinas/peças estão devidamente classificadas?
  • O ambiente está livre de potenciais produtos nocivos?
  • Há materiais sendo desperdiçados?
  • A periodicidade da manutenção dos equipamentos é adequada?

SEITON – Senso de Organização:  o objetivo do SEITON é a organização de forma inteligente. Dessa forma, a produção fica mais veloz e com menos estresse aos colaboradores.  

Para implementar o SEITON, precisamos analisar os fatores abaixo:

  • Organizar ferramentas mais utilizadas em locais visíveis e em compartimentos que permitam à fácil retirada destes;
  • Nesse sentido, as ferramentas mais utilizadas devem estar alocadas próximas às máquinas nas quais são empregadas;
  • Por outro lado, as menos utilizadas devem ficar em armários devidamente etiquetados, para que não atrapalhem na busca pelas ferramentas mais manuseadas e ainda sejam facilmente localizadas.

SEISO – Senso de Limpeza: o SEISO tem como objetivo manter a limpeza do local.

Para implementar o SEISO precisamos analisar os fatores abaixo:

  • Montar pequenas equipes (pode ser terceirizada) para limpar as áreas da empresa;
  • Definir os agentes de limpeza que serão utilizados;
  • Realizar inspeção sistematicamente.

SEIKETSU – Senso de Padronização e Saúde: no SEIKETSU são levados em conta a saúde física e mental dos trabalhadores com o objetivo de melhorar a vivência entre os colaboradores.

Para implementar o SEIKETSU, precisamos analisar os fatores abaixo:

  • Passar valores que permitam a manutenção do local e do bem-estar do colaborador;
  • Manter a higiene pessoal e a do ambiente de trabalho;
  • Levar em consideração condições ergonômicas do local;
  • Levar em consideração os riscos do local e fornecer equipamento de segurança.

SHITSUKE – Senso de Disciplina: a quinta etapa consiste na autodisciplina, essencial para assegurar que os passos anteriores sejam realizados.

A implementação do SHITSUKE é com o estabelecimento de novas normas e rotinas:

  • Todos os colaboradores devem ser cobrados sobre os sensos de organização;
  • Criar listas de tarefas para os departamentos e deixar em local visível, para lembrar os colaboradores.

A nível de qualidade da implementação do SHITSUKE e as ferramentas a serem utilizadas na disseminação do conceito, vai depender da cultura da empresa e da forma como trabalham. Se a empresa já possui um perfil mais organizado, mais rapidamente se adaptarão ao sistema.

Fontes do Artigo:
https://liderjr.com/blog/porque-implementar-o-5s-em-sua-empresa/?gclid=Cj0KCQiApaXxBRDNARIsAGFdaB_fUAryVrqpdHnENlXO4lYQ7U18Jn6bm_Hj-tWzD2AdmYHAdTteFiIaAtjHEALw_wcB
https://blog.cestanobre.com.br/entenda-o-impacto-da-boa-higiene-no-ambiente-de-trabalho/